Óleo de Palma? Não!

Visitas: 966

Preocupados com a saúde dos nossos consumidores e com o futuro do nosso planeta, continuamos a melhorar os nossos produtos com foco nestes mesmos ideais...

Os óleos de origem vegetal são dos ingredientes principais na indústria alimentar. Sendo largamente utilizados, desde confeção de refeições pré-cozinhadas à confeitaria nos caramelos.

 O óleo vegetal mais utilizado na área alimentar é o óleo de palma, devido ao seu baixo custo. É obtido por extração da fruta encontrada nas palmeiras (Elaesis guineensis). No entanto, este óleo pode ser mais prejudicial à saúde humana, em comparação com outros óleos de origem vegetal, e as plantações das árvores de óleo de palma são uma das origens para os desastres ambientais que presenciamos, promovendo o aquecimento global.

O óleo de palma utilizado na indústria alimentar encontra-se num estado oxidado, o que nos indica que, nutricionalmente, apresenta alto teor de gordura saturada e baixo teor de gordura polinsaturada. E, neste seguimento, os estudos têm demonstrado que o óleo de palma oxidado pode causar toxicidade nos órgãos, principalmente nos rins, pulmões, fígado e coração.

 No que concerne ao respeito pelo meio ambiente, a maioria da população desconhece que para haver plantações destas árvores, vastas áreas de florestas tropicais pristinas em países como a Malásia e Indonésia, já foram e estão a ser cortadas. Isto deve-se à alta lucratividade do óleo de palma, que continua a atrair investidores, promovendo a substituição das florestas tropicais com a monocultura de palma, originando em problemas ecológicos significativos. A destruição de florestas tropicais tem contribuído, em larga escala, para o aumento da produção de emissão de gases de efeito estufa e para o impacto na biodiversidade, pois reduz o habitat de várias espécies endémicas.

Para nós a saúde do nosso consumidor e do planeta encontra-se em primeiro lugar e, nesse sentido, estamos em constante procura dos melhores ingredientes para fabricar os nossos produtos. Assim, é com muito orgulho que anunciamos que retiramos, desde Setembro de 2015, de todos os nossos produtos o óleo de palma, substituindo-o por outro óleo de origem vegetal, saudável e ecológico - o óleo de girassol.

Queremos-nos diferenciar pela qualidade e continuar a alimentar a confiança dos nossos consumidores!

 

Departamento de Qualidade

Rosa Palma Alves

 

Para mais informações consultar:

http://www.saynotopalmoil.com/Whats_the_issue.php

http://www.theguardian.com/environment/palm-oil

http://www.isfoundation.com/search/node/palm%20oil

https://www.rainforest-rescue.org/topics/palm-oil